Banho de ervas: como fazer e dicas de plantas para utilizar
banho de ervas

O banho de ervas é uma maneira simples e muito poderosa de trabalhar a energia do seu campo. 

Esta é uma técnica ancestral em que você pode intencionar prosperidade, amor próprio, calma, fazer limpeza espiritual, dentre tantas outras possibilidades. Basta seguir a sua intuição e escolher a planta que mais se adapte ao que deseja.

Como fazer isso? Neste post, te mostro como você pode preparar o seu banho de ervas e algumas dicas de plantas específicas para cada intenção.

banho de ervas

Poder das plantas

Antes de irmos direto para a prática, é importante conhecermos o poder das plantas e porque elas são instrumentos tão poderosos para a cura.

A utilização de plantas para a prática medicinal é algo que já era conhecido por nossos antepassados. Afinal, por estarem rodeados destes recursos, era comum que se recorresse à utilização de ervas, flores, raízes e até mesmo cascas de árvores para serem utilizados como remédios. 

Esta é uma prática que vai além da sabedoria popular e realmente pôde ser comprovada cientificamente: as plantas possuem substâncias fitoenergéticas, sintetizadas pela suas próprias funções metabólicas e que realmente possuem uma energia vibracional única. 

Cada planta possui uma energia única e é por isso que conseguimos utilizá-las como instrumentos de cura para tantas questões. Ao entrarmos em conexão com estes elementos, estamos proporcionando também uma relação com a nossa própria energia. Assim, curando o nosso corpo e Alma!

Plantas para cada intenção

  • Alecrim: excelente para atrair foco e abrir caminhos
  • Alfazema: equilibra energias e aflora a intuição
  • Anis Estrelado: Trabalha a autoestima e enriquece o amor próprio
  • Arruda: Traz proteção e afasta energias negativas
  • Calêndula:
  • Camomila: calma, relaxamento e perdão
  • Canela: segurança, vitalidade e amor-próprio
  • Cravo: desapego
  • Eucalipto: aumenta a energia vital e fortalece a autoestima
  • Erva-doce: poder pessoal, otimismo e autoestima
  • Guiné: limpeza energética, purificação e renovação
  • Louro: prosperidade
  • Manjericão: renovação e proteção
  • Rosas vermelhas: conexão com o feminino
  • Rosas brancas: conexão espiritual
  • Sálvia: purificação e limpeza do corpo emocional
  • Tomilho: coragem e motivação

banho de ervas

Como fazer um banho de ervas?

1. Escolha as ervas

Para isso, lembre-se de usar sua intuição, aliando seus conhecimentos ao que seu coração pede naquele momento. A lista acima de plantas é uma ótima orientação para caso você ainda não saiba qual banho irá realizar. Mas aos poucos, entrando em conexão com a sua intuição e percebendo os momentos pelos quais você está passando em sua vida, você sentirá sua intuição gritando por alguma planta em específico! 

2. Ferva a água

Ferva aproximadamente 1 litro de água e acrescente as ervas, deixando em infusão por alguns minutos para soltar as propriedades energéticas.Quando estiver em uma temperatura agradável para seu banho, despeje em um recipiente e reserve. Em relação às ervas utilizadas, você pode coar e descartá-las na terra.

3. Tome seu banho higiênico 

Não tenha pressa em tomar primeiramente o seu banho higiênico. Você pode aproveitar este momento para relaxar e ir mentalizando o que deseja alcançar com o banho de ervas que irá realizar. Concentre-se na sensação que a água traz, como se realmente estivesse limpando o seu corpo e abrindo espaço para as novas energias que irão chegar com o banho de ervas a seguir.

4. Jogue a água com ervas em seu corpo

Após finalizar o seu banho normalmente e se sentir pronta para o banho de ervas, pegue o recipiente em que deixou a água com cuidado e antes de iniciar o ritual, reforce a sua intenção com aquele banho. Isto pode ser feito tanto em voz alta quanto mentalmente, de acordo com o que você intuir. 

Após isso, jogue suavemente e aos poucos a água com ervas sobre o seu corpo, do pescoço para baixo e aproveite este momento para fortalecer seus desejos. Isto pode ser feito por meio de mantras, orações ou simplesmente, visualizando a água ampliando as energias que você gostaria de atrair.

5. Deixe que seu corpo absorva

Fique o tempo que for necessário neste estado meditativo ao longo do seu banho e também, se puder, após também. O interessante é deixar a água secar naturalmente, mas, caso não seja possível, seque o seu corpo suavemente com uma toalha, sem pressa e sem movimentos bruscos. 

banho de ervas

6. Torne isso uma prática de autocuidado

Além de realizar o banho de ervas de uma forma pontual e apenas para uma intenção específica, que tal enxergar este momento como uma prática de cuidado consigo mesma?

Isto pode potencializar ainda mais o seu ritual, pois entrará em conexão com os seus sentimentos e você passará também a intuir qual é o momento certo para realizar um banho. 

Se você quiser, também pode incrementar o seu banho de ervas com outros elementos, como por exemplo: escolhendo uma playlist de músicas relaxantes para tocar; adicionando um difusor de ambientes com algum óleo essencial para fortalecer a absorção das energias ou até mesmo, tirando uma carta do Oráculo Alma Selvagem! Ele é um instrumento ideal para te trazer uma mensagem certeira sobre o que a sua Alma quer te dizer, resgatando as suas forças internas em alinhamento com as suas intenções.

Outra dica bacana é fazer no máximo um banho durante o período de um ciclo lunar. Pois afinal, tudo em excesso também pode desequilibrar, viu? 

Agora compartilhe comigo: qual destes banhos você irá fazer hoje mesmo?

1 Comentário

  1. Bruna

    Fiquei curiosa sobre a calêndula rs. Amei o post. Muito tempo que não tomo um banho de ervas e vc está me ajudando a me abrir e me conectar com a sabedoria ancestral.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicações recomendadas

Dicas práticas para perder o medo de se expressar

Dicas práticas para perder o medo de se expressar

É muito comum que tenhamos dificuldade em nos expressar. Seja por timidez, medo ou insegurança. Estes são pontos que nos tocam profundamente e podem nos impedir de comunicarmos aquilo que sentimos. Mas podemos revertê-los e fortalecer a nossa forma de se expressar com confiança.

Inscreva-se
na nossa Newsletter

Para receber avisos em primeira mão sobre as novidades do universo Houhou.

× Precisa de ajuda?