Intuição: qual é a importância dela na sua vida e como aflorar

Você já deixou de seguir a sua intuição e acabou em uma situação que não gostaria? Pois é…

Com o mundo moderno em um ritmo cada vez mais frenético, muitas vezes nós nos deixamos levar pela pressa e esquecemos de parar para ouvir o que realmente importa: a nossa voz interna. 

Por isso, quero que você perceba hoje a importância de estar conectada com a sua intuição e como ela pode trazer benefícios para a sua vida. 

Não só para acabar se lembrando depois como um “eu avisei”, mas principalmente, para se conectar com os seus propósitos e tomar decisões de uma forma mais natural!

Vem descobrir como você pode aflorar a sua intuição no seu dia a dia:

O que é intuição?

A intuição é o nosso “raciocínio subjetivo”, ou seja, a nossa capacidade de conseguir respostas que não venham pela via racional. Ela é a responsável por nos mostrar as coisas além da perspectiva da mente e nos leva em contato com um nível ampliado de consciência e percepção da vida. 

É uma habilidade que nos permite um diálogo verdadeiro com a nossa essência. Além disso, conecta nossas ações com o Universo, com aquilo que é pro bem maior… O que consequentemente nos encaminha a pessoas e situações que ressoam com essa vibração. 

Sabe aquela sensação de que você deveria falar com aquela pessoa, ou até mesmo, quando surge aquela vontade de fazer algo que você nunca tinha imaginado? Pois então, é a sua intuição falando!

Você não precisa de respostas lógicas para tudo. Na verdade, o que geralmente precisamos é silenciar o mundo externo e parar para ouvir a nossa intuição. E acredite: ela é poderosa! 

A intuição não fala por meio das palavras, mas se comunica por meio de sinais, de emoções e de sentimentos. É por isso que, se não estivermos atentas ao nosso corpo e Alma, vamos acabar deixando passar os sinais que ela nos mostra. 

Quais os benefícios em estar alinhada com sua intuição?

Quando você para de ignorar a sua intuição, as coisas passam a fluir com mais tranquilidade.

Muitas vezes, pelo excesso de ruído e barulhos do mundo externo, acabamos focando nossa atenção em coisas que, na verdade, não são importantes para nós.

Colocamos energia em projetos que não fazem sentido, trabalhamos em coisas que não alimentam nossas próprias vontades e desenvolvimento.

E isso acontece porque passamos tempo demais focadas no mundo exterior, e pouco no interior buscando ouvir a nossa intuição. 

O que eu posso te garantir é: ela é uma das maiores aliadas que você pode ter para te ajudar a tomar boas decisões, tirar aprendizados e viver a sua vida em plenitude. 

Por isso, não subestime a força da sua intuição. Permita que ela faça a sua parte, que é te guiar.

Dicas práticas para desenvolver a sua intuição

Para se conectar com a sua intuição, você primeiramente não pode ter medo de questionar sua mente para acessar esta grande orientadora. 

Crie um momento de autoconexão, fique em silêncio, abra o coração. Peça pelas respostas e sinais que necessita e ouça o que a sua alma deseja te falar. 

Para ajudar ao longo deste processo, algumas técnicas simples podem te ajudar a aflorar a sua intuição e permitir que você a ouça com mais clareza:

1. Torne a observação uma prática comum do seu dia

Esteja atenta ao que te cerca: cheiros, sensações do seu corpo, sons… tudo isso te conecta com o presente. É essa conexão profunda com seu corpo que aflora a sua intuição.

Abra a sua sensibilidade para ver além daquilo que parece ser. Isso não é um convite para criar narrativas que não existam, mas usar os seus sentidos tentando captar o que aquela situação vem te falar ou te ensinar. Intuição é compreensão. 

2. Faça anotações sobre seus sentimentos e percepções

Ter um diário ou algum objeto seguro para transcrever seus sentimentos em palavras é uma das formas de lapidar a intuição. 

Quando você escreve, passa visualizar melhor pontos que talvez estivessem confusos na sua mente, e automaticamente novas soluções começam a brotar. A partir do momento que você perceber sinais, insights ou os sentidos mais a flor da pele, não deixe esses momentos escaparem! 

3. Trabalhe o seu Chakra do Terceiro Olho

A intuição está muito relacionada ao Chakra Ajna, também conhecido como Terceiro Olho. Este é um ponto energético que fica localizado entre as sobrancelhas, um pouco acima da linha dos olhos. 

É ele quem nos ajuda a “ver” o que os olhos físicos não conseguem: intuições, soluções, sinais do universo, etc. Para quem gosta de cristaloterapia e cromoterapia, a cor para esse Chakra é o Branco ou Azul Índigo.

4. Esteja em contato com aromas e ervas:

Manjericão, Olíbano, Patchouli, Jasmim, Sândalo, Louro, Alecrim. Faça chás, banhos, escalda pés e incensos para abrir seu terceiro olho. Procure fazer destes momentos um sagrado ritual de conexão, entoando a sílaba “Aum” que é o som do Chakra Ajna. 

5. Utilize Oráculos

Um Oráculo se conecta com a energia do seu campo no momento da consulta, para te trazer as respostas que já estão no seu coração.

Confie e parta do princípio de que, no momento da consulta, a resposta já está presente no seu campo energético e o Oráculo te conta sobre aquilo você está pronta para conhecer sobre si mesma.

No perfil do Oráculo Houhou, te ensino várias técnicas para utilizar este instrumento como uma forma de conexão consigo mesma.

6. Busque rituais de autodescoberta

Quanto mais você se reconecta e aprende a ouvir a si mesma, mais potente fica a sua intuição. Por isso, os rituais guiados são uma ótima opção, pela praticidade e eficácia imediata.

Eu indico muito a Númina para isso. São rituais com sons terapêuticos e técnicas exclusivas que vão te inspirar o autocuidado e aflorar a sua intuição como você nunca sentiu antes.

intuição

A resposta já está em você!

Sua Alma sabe de coisas que a sua mente consciente ainda não consegue perceber e é por isso que ouvir e entender a sua intuição é extremamente importante. 

A maior vantagem é: ela nunca falha!

É ela que nos guia, que nos aconselha, nos dá segurança para as tomadas de decisões e conforto para que o que precisamos que seja curado em nós. 

Se ignoramos essa parte tão importante de nós, acabamos trilhando caminhos sem sentido e passamos a duvidar do propósito da nossa existência. 

Por isso é tão importante se reconectar. Para ouvir a nós mesmas e sentir na prática a magia que habita em nós. 

Agora compartilha comigo: você tem seguido a sua intuição?

1 Comentário

  1. Kelly

    Eu Tento, mas acaba acontecendo o que você disse. De não ouvir e depois das coisas acontecerem eu me perguntar: por que não ouvi minha intuição?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Inscreva-se
na nossa Newsletter

Para receber avisos em primeira mão sobre as novidades do universo Houhou.

× Precisa de ajuda?