Amor-próprio: dicas práticas para desenvolvê-lo

O processo de adquirir amor-próprio é uma construção diária. O problema é que não fomos educadas para cuidar de nós, mas sim e primeiro dos outros.

Muitas vezes, com a correria do dia a dia e a quantidade de coisas que temos para resolver, acabamos esquecendo do que mais importa: nós mesmas.

Temos a ideia de que amor-próprio e olhar para si como prioridade é egoísmo. Por isso, precisamos quebrar essas barreiras para poder desenvolvê-lo. Sem pressa, com paciência e dedicação você pode ir sim deixando de fazer as coisas que te fazem mal e passando a investir no que te faz bem. 

Vem comigo entender como podemos fazer isso de uma forma prática na nossa rotina? Confira só:

Quais as vantagens em trabalhar o amor-próprio?

Isto é um fato: se você não for a primeira pessoa a se amar e se acolher, as outras pessoas é que não vão fazer isso por você.

Eu sei que não é fácil tirar tempo da rotina para algo pessoal e às vezes nós até nos sentimos culpadas por fazer isso, não é mesmo? Pensamos que poderíamos estar sendo produtivas, enquanto estamos fazendo algo ‘trivial’…

É por isso que precisamos primeiro internalizar que cuidar de você mesma não é algo dispensável. Na verdade, é essencial para manter em ordem as coisas à sua volta. 

Você só cuida bem dos outros, se antes de tudo cuida bem de si mesma. Desta forma, passamos a entender que não podemos doar mais para os outros se não estivermos 100% bem.

Ao ter isso em mente, você descobre que é a sua própria fonte de amor. Consequentemente, você não mais se isola de si mesma, não mais se curva diante dos pedidos que te impõem e não abandona teu direito de escolha. 

E aqui, algo importante: esse processo deve propiciar não só consciência do seu valor mas principalmente do seu lugar no mundo, seus direitos e deveres, a germinar terrenos inóspitos numa caminhada coletiva.

Dicas simples para trabalhar o amor-próprio

Assim como qualquer execução de atividades na nossa vida, mudar a nossa mentalidade é também uma questão de hábito e prática. O que você pode começar fazendo hoje na sua rotina, já servirá de grande resultado a longo prazo!

Confira só algumas dicas práticas para incrementar o seu dia a dia e ativar o seu amor-próprio com consciência e leveza:

  • Tire um momento para fazer algo que te traz bem estar, e que você não faz há um bom tempo!
  • Escolha um livro sobre um assunto que você goste e leia 1 página por dia
  • Faça uma limpeza energética com bastão de rosas, em você e no seu ambiente
  • Faça um corte novo no cabelo ou um ritual de beleza durante a Lua Cheia
  • Tente se compare com outras pessoas: somos únicas perante o cosmos! Aqui no blog, também já te demos dicas de como fazer isso.
  • Analise suas ações e perceba o que pode estar limitando seu autoconhecimento. Anote todas as percepções
  • Faça exercícios de gratidão, anotando diariamente motivos pelos quais é grata na sua vida hoje. Você ficará surpresa!
  • Invista na Aromaterapia: óleos essenciais de Camomila, Palmarosa, Gerânio e Laranja doce são muito potentes para criar esse clima de auto acolhimento.

Fortalecendo o amor-próprio por meio do Chakra Cardíaco

Além destas dicas pontuais, você também pode aprofundar o seu desenvolvimento de amor-próprio ativando conscientemente o poder do seu Chakra Cardíaco!

Ele é um portal de energia que está diretamente ligado ao coração: sangue, nervos, vasos sanguíneos e sistema circulatório. Um símbolo para a conexão da alma humana com a energia do amor. 

Quando em equilíbrio, este chakra é capaz de potencializar o nosso amor-próprio. Veja como trabalhar algumas questões podem te ajudar a entrar em conexão com este chakra e expandir a energia do amor em si:

1. Faça autoelogios e afirmações positivas

As palavras tem poder e elas são o ponto de partida do caminho para as mudanças em sua vida. Em voz alta, se elogie e faça afirmações positivas.

Ex: “Eu me amo”, “Amo o meu corpo e ele se torna cada dia mais forte”, “me aceito e me aprovo como sou”, “sou compassiva com meus processos e ofereço esse mesma compaixão aos demais.”.

2. Liberte-se do apego ao passado e das expectativas do futuro

Faça as pazes com o momento atual. Tenha coragem de encarar e viver o hoje sem ficar apegada ao passado e sem paralisar sua vida por expectativas futuras. Ambos os momentos são importantes para o seu desenvolvimento, mas é no presente que a vida acontece. Ninguém pode viver o seu presente por você. Abra seu coração, se permita receber a vida aqui e agora!

3. Estabeleça limites para se proteger

Muitas vezes, na tentativa de agradar, passamos por cima das nossas reais intenções. Não deixe que abusem da sua boa vontade. Analise sua vida e reflita em que área é necessário impor limites saudáveis. Defina para si o que é aceitável ou não de forma clara e honesta — só você pode fazer isso por si.

4. Permita-se receber elogios e amor

Se alguém diz que você está bonita, simplesmente diga: “Obrigada!” Quantas vezes você já diminuiu um elogio recebido? Os elogios são experiências nutridoras, ferramentas de motivação que o Universo nos presenteia. O grande aprendizado aqui é simplesmente aceitar o que nos foi dado, sem procurar desculpas para se diminuir.

5. Dedique-se momentos de autocuidado

Eu costumo dizer que o autocuidado é o seu amor-próprio na prática. E ele não precisa ser complicado e cheio de cerimônias: acenda uma vela aromática quando for ler um livro, coloque uma música quando for tomar banho, acenda um incenso enquanto estiver tomando seu café da manhã. São esses pequenos hábitos que cultivam uma intimidade com a magia do amor, fora e dentro de você. 

O primeiro passo é estar disposta!

E se você chegou até aqui, tenho certeza de que vontade não te falta. Por isso, te convido a experimentar e praticar essas dicas com calma e leveza. Sem se cobrar.

Literalmente, ao vivermos um dia de cada vez e estabelecemos pequenas metas e práticas de autocuidado, já estaremos fazendo um grande trabalho de amor-próprio!

É um processo lento, mas que tenho certeza que irá te trazer muitos presentes ao longo da jornada. Porque no fim das contas, não existe nada melhor do que nos amar! Isso muda toda a nossa vida.

Compartilha aqui comigo: como tem sido este seu processo?

2 Comentários

  1. Janete Hélia Pereira

    Em alguma curva da minha vida eu me perdi,aceitei com que me destruísse me impondo do que sou ou não capaz …e assim me permite ser cada vez mais diminuída,mais agora encontrei e vc e cada dia fico mais corajosa e cada dia gosto mais de mim,tô me redescobrindo vendo como sou especial ,que a muito tinha esquecido, gratidão por fazer parte da minha vida.

    Responder
  2. Emanuelly

    Acho incrível como me sinto conectada com você em seus posts.
    Desde que comecei a praticar yoga sinto a necessidade de praticar todos os dias, é meu momento de conexão com o Divino com a Terra e principalmente, comigo mesma. Sou muito grata pelas descobertas que a prática de yoga me trouxe e o amor-próprio que adquiri com tudo isso.
    Gratidão HouHou 🙏

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Inscreva-se
na nossa Newsletter

Para receber avisos em primeira mão sobre as novidades do universo Houhou.

× Precisa de ajuda?